Qual a diferença real entre Cupom e Nota Fiscal?

autor Espião NF-e
Espião NF-e
Capa post

Cupom ou Nota Fiscal?

Afinal, o que é esse papelzinho? O cupom fiscal é o equivalente à nota fiscal, mas seu destinatário é o consumidor final. Ele fornece informações e resguarda o fisco em relação ao pagamento de tributos. Algumas informações que você deve prestar atenção quando receber o seu cupom são:

  • 1. Discriminação de tributos
  • 2. Quantidade de itens
  • 3. Valor dos produtos ou serviços
  • 4. Dados da empresa
  • 5. Dados do equipamento responsável pela emissão do cupom (ECF)

Manter-se atualizado sobre as questões de segurança desse documento evita multas e demais transtornos. Os órgãos responsáveis visam cada vez mais aperfeiçoar suas particularidades legais e exigências.

Qual a diferença real entre Cupom e Nota Fiscal?

Se você trabalha no ramo de varejo, é essencial entender essa diferença para evitar erros durante o processo de emissão desses documentos e pagamento de impostos por parte de sua empresa.

A emissão do cupom fiscal está diretamente ligada a uma impressora especial com homologação direta à Receita Federal. A nota fiscal, em contrapartida, possui um arquivo e formulário específicos com campos obrigatórios para preenchimento. O cupom não conta com muitos campos específicos com dados do consumidor, o oposto da nota que obrigatoriamente demanda da inclusão de um cadastro do comprador.

Sistema SAT (CF-e)

O SAT é o Sistema Autenticador e Transmissor de Cupons Fiscais Eletrônicos. Sua responsabilidade é documentar, na esfera eletrônica, todas as operações comerciais realizadas pelos varejistas em substituição dos equipamentos ECF. Além da documentação, ela é responsável pela geração, autenticação e transmissão dos cupons emitidos.

Diretamente para a Era Digital

O varejista precisa ter em mente que os dois documentos já apresentam suas versões eletrônicas, como forma de registrar e comprovar vendas e devem ser fornecidos também para o consumidor.

Essa mudança se dá devido a tendência constante de migração para a tecnologia digital, facilitando a vida do empresário e consumidor que não precisam mais armazenar milhões de caixas empoeiradas de papel. Além disso, a existência desse documento na esfera online tem como vantagem o acesso por qualquer dispositivo com conexão à internet.

Organização é tudo

Se você quer manter-se a frente no mercado e já está dando passos largos rumo à era online, saiba que o Espião NF-e conta com versões completas para que você gerencie toda sua documentação fiscal.



Consulta completa de documentos fiscais eletrônicos (DF-e)

Veja também